Última hora

Última hora

Turquia limita poderes dos tribunais militares

Em leitura:

Turquia limita poderes dos tribunais militares

Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente turco decidiu limitar o poder dos tribunais militares.

Apesar dos avisos do exército, Abdullah Gul avançou com esta nova lei que pretende ir ao encontro das exigências da União Europeia. Para aderir ao clube comunitário, a Turquia deve empreender várias reformas, entre elas, acabar com a influência do exército na política. A promulgação foi assinada esta quarta-feira após o Parlamento turco ter aprovado no passado mês a lei que permite aos tribunais civis julgar militares durante os períodos de paz, mas que bane o julgamento de civis por tribunais militares. Algo que o exército turco se opôs com veemência acusando este acto de anticonstitucional e um factor para o aumento da tensão entre Governo e Forças Armadas. Recorde-se que os generais turcos já levaram a cabo quatro golpes de Estado na história da Turquia. Em 2007 fizeram duras críticas às políticas do Governo do primeiro-ministro Erdogan, através de de um comunicado divulgado na internet conhecido por “e-golpe”.