Última hora

Última hora

Governo japonês convoca eleições antecipadas depois de derrota em Tóquio

Em leitura:

Governo japonês convoca eleições antecipadas depois de derrota em Tóquio

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro japonês Taro Aso prepara-se para uma nova prova de resistência, depois da sua formação ter sofrido ontem uma derrota histórica nas eleições municipais em Tóquio.

Fontes do Partido Liberal Democrata anunciaram a intenção de convocar eleições antecipadas para dia 30 de Agosto. A vitória da oposição do Partido Democrata em Tóquio pôs fim a 40 anos de domínio dos liberais democratas na cidade. O porta-voz do governo reconheceu ontem a derrota no sufrágio como um fracasso da formação no poder. O líder da oposição pretende apresentar uma moção de censura contra o actual governo, o terceiro a suceder-se no poder em três anos. Nas ruas, alguns japoneses defendem ainda que Taro Aso merece uma segunda oportunidade: “Ele foi muito criticado mas não teve sequer tempo para poder agir”. Outro afirma que, “é necessário mudar a política japonesa”. A popularidade de Taro Aso encontra-se em queda livre nas sondagens, face aos efeitos da crise económica no país. A oposição democrata defende o reforço dos direitos dos trabalhadores e uma política externa menos dependente de Washington.