Última hora

Última hora

Novas espécies de dinossauros descobertas na Austrália

Em leitura:

Novas espécies de dinossauros descobertas na Austrália

Tamanho do texto Aa Aa

Foram três as novas espécies de dinossauros descobertas na Austrália. Um deles, com a alcunha Banjo, tem dois metros de altura e três ferozes garras em cada pata. Os restos do predator, juntamente com os de dois herbívoros, foram encontrados por um pastor em Queensland, na Austrália, e estão no Museu de História Natural sobre a Idade dos Dinossauros da Austrália. O director do museu afirma que “o anúncio de um novo dinossauro australiano é uma notícia mundial. Anunciar três é algo fora deste mundo…” Para a chefe do Executivo de Queensland, “esta descoberta coloca a região no radar dos cientistas de todo o mundo…” Os fósseis foram descobertos entre as rochas da cordilheira de Winton. “Matilda” tem 16 metros de comprimento, é herbívora e pertence à espécie Titanosauro, os maiores dinossauros que se conhecem. “Clancy” parece-se com uma girafa e tem um nome mais pomposo: Wintonotitan wattsi. “Banjo” chama-se na realidade Australovenator wintonensis, mas a alcunha é uma homenagem ao poeta popular australiano Banjo Patterson. É uma espécie do carnívoro Velociraptor, mas muito maior e feroz. Os três viveram no período Cretáceo, há mais de 65 milhões de anos, depois da era Jurrássica. São poucos os fósseis de dinossauros descobertos na Austrália. No entanto, a cordilheira de Winton é profícua em achados destes. Desde 2006 que escavações trouxeram à luz muitos fósseis de dinossauros bem preservados, mas esta é a primeira vez desde 1981 que ossadas tão completas são desenterradas. Por isso, o novo trio pode ser apenas a ponta do icebergue.