Última hora

Última hora

Conservador polaco é o novo presidente do Parlamento Europeu

Em leitura:

Conservador polaco é o novo presidente do Parlamento Europeu

Tamanho do texto Aa Aa

O conservador polaco Jerzy Buzek foi eleito presidente do Parlamento Europeu. O antigo primeiro-ministro da Polónia obteve 555 votos, contra 89 da sueca Eva Britt-Svensson, do Grupo Confederal da Esquerda Unitária.

A eleição de Buzek estava garantida, graças a um acordo entre populares, socialistas e liberais acerca da distribuição dos cargos mais importantes da instituição. O primeiro-ministro polaco congratulou-se com a eleição. “É o verdadeiro fim da nunca mencionada divisão entre os novos e os velhos membros da União. Estou muito contente que um polaco tenha sido reconhecido e promovido. Congratulo-me que a sua vitória seja um símbolo da verdadeira integração entre a nova e a velha Europa”, disse Donald Tusk. Tal como o Governo, os cidadãos polacos também se mostraram satisfeitos com a eleição de Buzek. “Eu acho que ele fez um bom trabalho como deputado europeu. Foi muito apreciado durante o mandato. Enquanto presidente vai conseguir mais, especialmente quando o Parlamento Europeu se tornar mais poderoso”, afirmou o funcionário público Marcin Kulinicz. “Acho que vai ser bom, porque nos vai permitir promover um pouco o nosso país e mostrar que não estamos apenas envolvidos em guerras internas e com os outros”, diz a estudante Agnieszka Dadura. O acordo entre as três grandes famílias políticas europeias prevê que Buzek seja substituído por um socialista na segunda parte da legislatura.