Última hora

Última hora

Companhias britânicas impedem embarque de passageiros com sintomas de gripe A

Em leitura:

Companhias britânicas impedem embarque de passageiros com sintomas de gripe A

Tamanho do texto Aa Aa

A British Airways e a Virgin Atlantic estão a impedir passageiros com sintomas de gripe A de embarcar.

O pessoal de terra recebeu instruções para chamar uma equipa médica, caso detecte determinados sintomas nos passageiros. Se os médicos acharem que há razões para um passageiro não embarcar, só poderá viajar num voo posterior, com uma declaração médica, que assegure que está apto. A Associação Médica Britânica diz que estas medidas são um perfeito disparate. “Vamos fazer tudo o que seja possível para que a gripe não se espalhe. Portanto, se aparecer alguém no aeroporto com claros sintomas de gripe A, não será autorizado a embarcar”, explica a Associação Britânica de Agentes de Viagens. A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou que o vírus H1N1 está a propagar-se a uma velocidade sem precedentes. A Comissária Europeia para a Saúde anunciou, no fim-de-semana, a vacinação de milhões de cidadãos na UE. “Temos cerca de 60 milhões de pessoas na União Europeia que necessitam de vacinas. São os grupos mais vulneráveis. Se estes 60 milhões forem vacinados, acho que é suficiente”, disse Androulla Vassiliou. De acordo com o último balanço da OMS, o vírus H1N1 já causou mais de 400 mortes.