Última hora

Última hora

Afeganistão: onda de violência durante a visita de Javier Solana

Em leitura:

Afeganistão: onda de violência durante a visita de Javier Solana

Tamanho do texto Aa Aa

A violência está longe de estar controlada no Afeganistão. Esta é a conclusão do chefe da diplomacia europeia, de visita a Kabul, numa altura em que se assiste ao reacender da violência no país.

Javier Solana encontrou-se com o presidente Hamid Karzai e reafirmou o apoio da Europa ao Afeganistão, a um mês das eleições presidenciais no país. O chefe da diplomacia europeia diz que a situação de segurança no Afeganistão “não está a evoluir de forma favorável”, mas que a operação militar liderada pelos norte-americanos “ainda está a decorrer”. Solana acredita que quando a operação terminar, “a situação em todo o país vai ser melhor”. Pelo menos nove pessoas morreram hoje, na sequência de ataques de bombistas suicidas a edifícios governamentais nas localidades de Gardez e Jalalabad, no este do país. Domingo, uma explosão na província de Helmand vítimou mais um militar. É o décimo oitavo soldado britânico a perder a vida desde o início da intervenção. As tropas norte-americanas registaram 30 baixas no último mês.