Última hora

Última hora

"Berço" determina sucesso profissional no Reino Unido

Em leitura:

"Berço" determina sucesso profissional no Reino Unido

Tamanho do texto Aa Aa

É o berço e não o mérito que determina as oportunidades profissionais na Grã-Bretanha. Um relatório elaborado por uma comissão governamental conclui que apenas as crianças de famílias ricas conseguem atingir lugares de topo.

A comissão multipartidária foi constituída pelo primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, com o intuito de analisar as barreiras na entrada no mundo do trabalho. “Acesso Justo às Profissões” é o nome do estudo liderado por um antigo ministro trabalhista. “Queremos os mais brilhantes e os melhores no topo de cada profissão. É o que toda a gente quer neste país. E isso deve basear-se no que cada um sabe e não nas pessoas que conhece. Mas, frequentemente, as crianças de famílias com rendimentos médios e baixos perdem as oportunidades, porque não conhecem as pessoas certas, não foram à escola certa e não tiveram a oportunidade de ir para a universidade”, explica Alan Milburn. Foi numa escola privada que estudaram 75% dos juízes, 70% dos directores-financeiros, 45% dos altos funcionários públicos, sendo que apenas 7% dos cidadãos britânicos frequentam o ensino privado. Em mais de 80 recomendações, o relatório diz que o reforço da mobilidade social deve ser a prioridade de qualquer governo.