Última hora

Última hora

Incêndios fustigam costa mediterrânica

Em leitura:

Incêndios fustigam costa mediterrânica

Tamanho do texto Aa Aa

Nos países da costa mediterrânica os bombeiros continuam a lutar contra os incêndios que devastam dezenas de milhares de hectares de vegetação.

Em Espanha, as autoridades já prenderam nove pessoas suspeitas de atearem fogos. Nas últimas 24 horas, um incêndio na estância natural de Sierra Cabrera, província de Almeria, levou à evacuação de 1.500 habitantes das povoações de Turre, Mojácar e Abla. Em Espanha já morreram seis bombeiros, um que estava em estado crítico, faleceu esta tarde em Barcelona e junta-se, aos quatro que perderam a vida a combater o mesmo incêndio e a um quinto, o condutor de um carro de bombeiros que se despenhou na província de Aragão. Mas os fogos afectam outros locais, entre eles Itália e França. O combate está a ser dificultado pelo vento forte e pelas altas temperaturas que se fazem sentir nestas regiões. Agora a situação está mais calma, apesar de haver ainda focos de incêndio, mas a Sardenha acordou vermelha e negra, os bombeiros e a protecção civil não tiveram mãos a medir para tentarem controlar os fogos que invadiram a região. Duas pessoas morreram, uma delas vítima de ataque cardíaco quando tentava fugir das chamas, a outra era um pastor que tentava salvar o seu rebanho. Na Córsega, três incêndios continuam activos, já devastaram cerca de quatro mil hectares de mata e destruíram uma dezena de casas e cerca de 50 carros. Em França não há vítimas mortais mas cinco bombeiros ficaram feridos.