Última hora

Última hora

Protestos contra o regime iraniano em várias cidades ocidentais

Em leitura:

Protestos contra o regime iraniano em várias cidades ocidentais

Tamanho do texto Aa Aa

Residentes de várias cidades associaram-se ao “Dia Global pela Solidariedade”, enforcado num protesto contra o regime iraniano. Organizado pela Amnistia Internacional, só em Berlim mais de 300 pessoas saíram à rua. Contra o desrespeito pelos Direitos Humanos e civis e violência contra os membros da oposição, o protesto também serviu para que fossem exigidas as libertações de centenas de pessoas detidas depois das eleições presidenciais de 12 de Junho.

Monika Lueke, da Amnistia Internacional, afirmou que “nos últimos 50 dias houve violações de Direitos Humanos no Irão. Manifestantes foram agredidos e detidos torturados nas prisões. E toda a informação está praticamente embargada.” Em Bruxelas o ponto de encontro foi à porta da embaixada iraniana. Iranianos no exílio e membros da Amnistia Internacional marcaram presença. Houve mesmo quem aproveitasse para pedir contas pelos homicídio políticos de familiares, acusando o regime dos aiatolas.