Última hora

Última hora

Fraude filmada

Em leitura:

Fraude filmada

Tamanho do texto Aa Aa

Nas eleições presidenciais do Kyrguistão, só mesmo as urnas foram transparentes.

Uma eleitora filmada por video-amador com a ajuda de um cumplice, meteu vários votos, na mesma urna e não foi caso único. Almazbek Atambayev, o candidato derrotado protestou, mas os resultados foram escassos. O incidente não foi considerado importante. A cena captada pelo video-amador veio dar razão aos protestos da oposição e às reservas manifestadas pelos observadores da Organização de Segurança e Cooperação na Europa. O presidente da Comissão Nacional de Eleições, desvalorizou o incidente e atacou a oposição: “A oposiçao chegou atrasada, com estes videos e agora corre atrás do comboio. Nós conhecemos vários episódios ocorridos durante as eleições, investigámos e decidimos em conformidade, enviando todos estes videos ao promotor de justiça. Os resultados destaa assembleias de voto não foram validados”, disse. O presidente, Kurmanbek Bakyev foi reeltio, com 83 por cento dos votos expressos.