Última hora

Última hora

Sul da Europa ainda arde

Em leitura:

Sul da Europa ainda arde

Tamanho do texto Aa Aa

A frente de incêncios que este domingo assolou o sul da Europa acalmou, mas deixou oito pessoas mortas e vários feridos. Apesar de em alguns países ou regiões as condições meteorológicas se terem tornado menos propícias ao fogo, em Itália e Espanha o estado de alerta não foi reduzido.

Na Saredenha, o vento mistral, seco e frio, ajudou a evitar a propagação do fogo. A região tem sido fustigada pelos incêncios há vários dias. Mais de 20 mil hectares já desapareceram. Em Espanha, a região de Aragão é das zonas mais atignidas. Mais de 12 mil hectares de vegetação desapareceram e mais de 500 pessoas, entre técnicos, agentes da protecção da natureza e bombeiros, foram envolvidas no combate ao fogo. Em Franca a preocupação dos bombeiros centra-se na região de Marselha e na Córsega é o rescaldo que domina as atenções, com o máximo de meios aéreos a serem implicados no controlo de novos incêndios.