Última hora

Última hora

Zelaya volta à fronteira

Em leitura:

Zelaya volta à fronteira

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente deposto das Honduras não desiste – Manuel Zelaya, pelo segundo dia consecutivo, acercou-se do território das Honduras, através da Nicaragua.

Esteve a pouco mais de 100 metros do território hondurenho. Falou com alguns apoiantes, a quem repetiu o desejo de regressar ao país e reassumir o mandato presidencial, que termina no final do ano. Manuel Zelaya não comentou as adevertências que lhe foram feitas pela secretaria de Estado norte-americana. Hillary Clinton considerou “imprudente” esta iniciativa de aproximação ao território e disse mesmo que isto poderia frustar os esforços de mediação, do presidente da Costa Rica, Oscar Arias. No território nicaraguense não houve registo de qualquer incidente. Do outro lado da fronteira, em El Paraíso, a polícia usou gases lacrimogénios para dispersar os apoiantes da Zelaya. Um jovem foi morto em condições ainda não esclarecidas. Os repórteres no local referenciaram o jovem, como sendo um apoiante de Zelaya. Quase em simultâneo, uma delagação do Congresso norte-americano esteve com o lider do golpe, o general Roberto Micheletti. Os congressistas exortaram Micheletti a aceitar as propostas do mediador, Oscar Arias, para que as Honduras possam retomar a via democrático-constitucional.