Última hora

Última hora

Johnnie Walker caminha para longe de casa

Em leitura:

Johnnie Walker caminha para longe de casa

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas manifestaram-se nas ruas da localidade escocesa de Kilmarnock contra o encerramento de uma fábrica da conhecida marca de whisky.

A decisão foi tomada pela Diageo, a líder mundial de fabrico e distribuição de bebidas. “O Whisky, para que tenha sucesso depende da integridade, da proveniência, depende da sua reputação. E parece-me correcto dizer que a Diageo vai danificar a reputação e o futuro se voltar as costas a comunidades como Kilmarnock”, disse o primeiro-ministro escocês Alex Salmond. O encerramento daquela unidade de engarrafamento representa uma perda de 700 postos de trabalho e o fim de uma actividade com 189 anos. “2,2 mil milhões de libras de lucro o ano passado. Eles não têm qualquer razão para infligir os danos às famílias e às comunidades que as propostas deles sugerem, e nós não o aceitamos”, afirmou o dirigente sindical Len McCluskey. A Diageo também anunciou o encerramento de uma destilaria da Johnnie Walker em Port Dundas e o consequente despedimento de 200 trabalhadores. A firma procura reduzir custos e diz que os encerramentos previstos vão permitir poupar 20 milhões de libras.