Última hora

Última hora

Patriarca de Moscovo apela à união de russos e ucranianos

Em leitura:

Patriarca de Moscovo apela à união de russos e ucranianos

Tamanho do texto Aa Aa

O patriarca de Moscovo apelou à unidade espiritual entre russos e ucranianos.

Kirill celebrou uma missa em Kiev no primeiro dos 10 dias de visita à Ucrânia, que volta a trazer ao de cima tensões entre os dois países. A viagem é vista pelos nacionalistas como uma tentativa de influência russa sobre o país. O serviço religioso foi celebrado junto da estátua do Príncipe Vladimir, responsável pela implantação do cristianismo na região há mais de mil anos. “Kiev é a nossa Jerusalém. A fé ortodoxa veio daqui e a primeira coisa que pensei foi que tinha de cá vir e vergar-me perante o Príncipe Vladimir e rezar pelo nosso povo”, disse Kirill em frente a milhares de fiéis. A principal Igreja Ortodoxa ucraniana responde ao patriarca de Moscovo, mas uma facção da igreja no país proclamou-se independente nos anos 90. A visita de Kirill provocou o protesto de mais de 300 nacionalistas ucranianos, que se envolveram em confrontos com a polícia. O patriarca vai encontrar-se com o presidente Victor Iuschenko, também ele defensor de uma igreja ucraniana independente de Moscovo.