Última hora

Última hora

Confrontos entre a polícia iraquiana e os Mujahedines do Povo

Em leitura:

Confrontos entre a polícia iraquiana e os Mujahedines do Povo

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 150 pessoas ficaram feridas depois das forças iraquianas terem invadido o campo Ashraf, a norte de Bagdade, onde vivem mais de 3500 mujahedines, a oposição armada do Irão, no exílio desde os anos 80.

Expulsos pelo regime dos aiatolas, com os quais pretendiam partilhar o poder depois da queda do Xá, exilaram-se no Iraque. E lutaram contra o seu próprio povo sob a alçada de Sadam Hussein. A ofensiva iraquiana seguiu-se a um comunicado dos Mujahedines do Povo, que diziam estar prontos a voltar ao Irão se as autoridades do país garantirem a sua integridade. O campo esteve sob a vigilância dos norte-americanos nos últimos anos, mas a retirada das tropas precipitou a ofensiva iraquiana, que tinha acordado com Washington tratar desta questão de uma forma humana… Os mujahedines são considerados pelos Estados Unidos como uma organização terrorista.