Última hora

Última hora

Maioria dos britânicos defende a retirada das suas tropas do Afeganistão

Em leitura:

Maioria dos britânicos defende a retirada das suas tropas do Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Os corpos dos últimos soldados mortos no sul do Afeganistão já chegaram ao Reino Unido.

Dois deles perderam a vida na operação “Garra de Pantera”, esta segunda-feira, na província de Helmand, elevando para 22 o número de baixas britânicas naquele país no último mês. Numa sondagem publicada hoje, mais de metade dos britânicos acredita que a guerra contra os talibã não pode ser ganha e que Londres deve retirar as suas tropas do Afeganistão. Mais de 60 por cento dos inquiridos acreditam ainda que as tropas britânicas não possuem os meios necessários, o que pode explicar o número crescente de mortos. O governo de Gordon Brown considera que a operação “Garra de Pantera” conseguiu neutralizar o mais importante foco talibã em Helmand, antes das eleições de 20 de Agosto no Afeganistão. Não são só as forças internacionais que se preparam para o escrutínio. Segundo uma cadeia de televisão do mundo islâmico, os talibãs publicaram um livro com o código de conduta a seguir pelos Mujahedines.