Última hora

Última hora

Topolanek inicia campanha eleitoral

Em leitura:

Topolanek inicia campanha eleitoral

Tamanho do texto Aa Aa

Se os checos que partem em direcção à Eslovénia e às praias da Croácia pensam que vão escapar à política do seu país, estão redondamente enganados.

O antigo primeiro-ministro, Mirek Topolanek, decidiu antecipar-se e fazer campanha eleitoral junto dos seus potenciais eleitores. Para tal, Topolanek e três vice secretários-gerais do Partido da Democracia Cívica, vestiram os calções de banho e juntaram-se aos estimados 800 mil checos que rumam todos os anos ao Adriático. Uma centena de cartazes na Croácia e nove na Eslovénia espalham a mensagem eleitoral. Para a especialista em comunicação e marketing, Aleksandra Kolaric, trata-se de uma iniciativa original. Segundo ela, é a primeira vez que um partido de outro país faz campanha na Croácia, algo que se liga à data das eleições na República Checa previstas para o início de Outubro. Entre os turistas checos, as opiniões dividem-se. Alguns afirmam que muitos checos visitam a Costa Adriática nesta altura e vão deparar com os cartazes. O facto de estarem no estrangeiro é algo que os torna mais interessantes, dizem. Mas para outros, esta campanha não vai ter o impacto desejado porque simplesmente não há assim tantos turistas como se pensa. Perante a concorrência dos Sociais Democratas, o impacto da campanha só poderá ser avaliado através dos resultados eleitorais. Desde o início do século XX que o Adriático é um destino preferencial de férias para os checos, algo que se manteve durante o regime comunista nos anos 60 e 70. E é talvez aqui que reside um dos trunfos desta campanha. A boa disposição do Verão poderá ajudar os checos a esquecerem o ano desastroso para Topolanek e o seu partido afastado do poder a 24 de Março depois de uma moção de censura quando ocupava a presidência da União Europeia.