Última hora

Última hora

Polícia detém manifestantes

Em leitura:

Polícia detém manifestantes

Tamanho do texto Aa Aa

No Quirguistão, a polícia deteve várias dezenas de pessoas, na sua maioria apoiantes da oposição, que participaram em duas manifestações não autorizadas na capital, Bisqueque.

Agitando cartazes e gritando “Justiça”, os manifestantes protestaram contra os resultados das eleições presidenciais da semana passada. Resultados oficiais deram a vitória ao presidente Bakiyev renovando o seu mandato. A antiga república soviética do Quirguistão situa-se na Ásia Central e está no centro de uma corrida geopolítica entre a Rússia e os Estados Unidos. Ambos os países têm bases militares na região. A re-eleição de Bakiyev no passado dia 23 de Julho com 76% dos votos foi marcada por acusações de fraude eleitoral. Segundo os resultados oficiais, a oposição não teria alcançado os 9% das preferências. O líder da oposição, Almazbek Atambayev, denunciou igualmente o acto eleitoral classificando-o de fraudulento. No centro da controvérsia estão imagens de vídeo amadoras que mostram várias urnas eleitorais a serem abertas e votos a serem introduzidos. A Organização para a Segurança e Cooperação na Europa, OSCE, criticou o escrutínio afirmando que os seus observadores assistiram a inúmeros casos de fraude nas assembleias de voto.