Última hora

Em leitura:

Solários provocam cancro da pele


mundo

Solários provocam cancro da pele

A solução para uma pele dourada não passa, definitivamente, pelo solário. Este método de bronzear é bem mais perigoso do que se pensava. O Centro Internacional de Investigação sobre o Cancro, da Organização Mundial da Saúde (OMS) lança o alerta: os raios ultravioleta artificiais, recebidos nos solários, são cancerígenos.

Um estudo publicado na revista médica Lancet Oncology conclui que as sessões de ultravioletas dos solários aumentam em 75% o risco de melanoma – a forma mais perigosa de cancro da pele – sobretudo nas crianças e nos jovens adultos. Não é segredo que os raios UV provenientes do sol são a evitar; agora 20 cientistas de nove países são categóricos: há uma relação directa entre as sessões de solário e o cancro da pele.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Ataque