Última hora

Última hora

Rússia: polícia detém manifestantes

Em leitura:

Rússia: polícia detém manifestantes

Tamanho do texto Aa Aa

Na capital russa a polícia anti-motim deteve um líder da oposição e dezenas de activistas que participavam numa manifestação no centro de Moscovo.

A manifestação foi convocada pela coligação A Outra Rússia e o Partido Nacional Bolchevique, partido proibido pelas autoridades. Os manifestantes reclamam o direito constitucional de se manifestarem e criticarem o poder. Uma das participantes afirma que os amigos do antigo presidente Putin ocupam agora todos os lugares-chave do governo. Ela queixa-se de que hoje as pessoas não podem dizer o que pensam. Para um outro participante a questão é saber porque é que aqueles que estão no poder têm medo da liberdade de expressão. Ele afirma que as pessoas se reuniram de forma pacífica apenas para expressarem as suas opiniões. Para as autoridades, tratou-se de uma manifestação não-autorizada. Uma porta-voz da polícia informou que foram detidas 47 pessoas das cerca de duas centenas que participaram no evento. Entre os detidos conta-se Eduard Limonov, líder do Partido Nacional Bolchevique.