Última hora

Última hora

NATO longe dos objectivos no Afeganistão

Em leitura:

NATO longe dos objectivos no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

A guerra contras os radicais islâmicos no Afeganistão longe do fim e dos objectivos que a motivaram. Em Julho, 75 soldados estrangeiros foram abatidos 22 dos quais britânicos.

Entretanto, ontem, houve registo de que mais quatro soldados da força internacional da NATO, um francês e três norte-americanos, foram mortos em confrontos, na província de Kapisa, a nordeste da capital, Cabul.

Um mau sinal para o cessar-fogo tentado na região primeira trégua entre o governo e os rebeldes Taliban. O objectivo é repetir acordos semelhantes noutras partes do Afeganistão para reforçar as condições de segurança, uma vez que se aproximam as eleições presidenciais de 20 de Agosto.

Num comunicado divulgado pela internet, os talibãs apelam ao povo afegão para que boicote o escrutínio. Os fundamentalistas deram ordem a todos os guerrilheiros para bloquearem as estradas nas vésperas das eleições e que impeçam os eleitores de chegar às assembleias de voto.