Última hora

Última hora

Visita surpresa de Bill Clinton a Pyong Yang

Em leitura:

Visita surpresa de Bill Clinton a Pyong Yang

Tamanho do texto Aa Aa

O ex-presidente norte-americano chegou esta manhã à capital da Coreia do Norte para tentar libertar duas jornalistas dos Estados Unidos condenadas a doze anos de prisão.

Laura Ling e Euna Lee foram detidas após terem atravessado ilegalmente a fronteira entre a China e a Coreia do Norte. Mas a libertação das jornalistas é apenas uma parte do problema. Mike Chinoy, autor do livro “The inside Story of the North Corean Nuclear Crisis”, considera que o que está em causa é a questão nuclear: “Potencialmente, trata-se de uma viagem muito importante que pode resolver o caso das duas jornalistas norte-americanas que estão detidas há muitos meses. A questão é saber até onde os norte-coreanos estão dispostos a ir para discutir de forma flexível o fim do programa nuclear”, sublinhou o analista norte-americano. Ao mesmo tempo que se intensificam os rumores sobre o seu estado de saúde, Kim Jong-il tem desafiado a comunidade internacional como uma série de ensaios nucleares. Indiferente ao reforço das sanções da ONU, a 4 de Julho, dia da independência dos Estados Unidos, Pyong Yang lançou dois mísseis de curto alcance.