Última hora

Última hora

Emprego nos EUA melhora

Em leitura:

Emprego nos EUA melhora

Tamanho do texto Aa Aa

Os números do desemprego nos Estados Unidos, em Julho, são melhores que os previstos. A taxa de desemprego caíu para os 9,4%, menos um décimo de ponto percentual que no mês passado. Durante o mês, foram eliminados 247.000 empregos, menos 196.000 que no mês anterior.

Foram já perdidos 6,7 milhões de empregos desde que a recessão começou. A taxa de desemprego, em Dezembro de 2007, era de 5%. O valor tem vindo a subir sem parar até aos actuais 9,4%. O declínio no mercado de emprego que se verificou no último ano e meio foi o pior desde o fim da II Guerra Mundial. Mas há alguns sinais animadores. Por exemplo, o número de empregos eliminados no sector da indústria foiomais baixo num ano. A recuperação na indústria automóvel fez com que o sector tenha criado mais de 28.000 postos de trabalho. Já o sector dos serviços perdeu 119.000 trabalhadores, ou seja, menos 100.000 que em Junho. Segundo os analistas, a situação no mercado de emprego deve piorar até meados de 2010 e só depois haverá uma recuperação.