Última hora

Última hora

Polícia investiga se quarta explosão está ligada aos atentados de Palma de Maiorca

Em leitura:

Polícia investiga se quarta explosão está ligada aos atentados de Palma de Maiorca

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades espanholas estão a investigar se uma quarta explosão num bar no centro de Palma de Maiorca está relacionada com os atentados cometidos ontem na ilha e reivindicados pela ETA.

Ao contrário dos ataques dos últimos meses, a organização terrorista alertou previamente por telefone, o que permitiu à polícia evacuar os locais visados, dois restaurantes e uma galeria comercial. Uma turista espanhola explica que “não houve pânico” e que passou para outro restaurante, a partir do qual pôde ver que todos “estavam bem, não havia feridos”. O delegado do Governo das Baleares, Ramón Socías, diz que as autoridades estão a “trabalhar com a hipótese de que [os responsáveis pelos atentados] continuam na ilha”, já que “foram reforçados os controlos nos portos e aeroportos”. A galeria subterrânea da Plaza Mayor e dois restaurantes foram visados por três bombas de fraca potência. Poucas horas antes, os bombeiros atribuíam uma explosão noutro bar a uma fuga de gás. A ETA reivindicou não só os atentados de domingo, como vários ataques nos últimos meses, incluindo o assassinato na ilha de dois agentes da Guardia Civil no fim de Junho.