Última hora

Última hora

Suspeitos pretendiam matar soldados dos EUA na Alemanha

Em leitura:

Suspeitos pretendiam matar soldados dos EUA na Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

A intenção era matar o maior número possível de soldados norte-americanos. Foi o que confessaram os quatro islamistas que estão a ser julgados por tentativa de ataque terrorista, no tribunal de Duesseldorf, no oeste da Alemanha.

Com a confissão, os acusados esperam uma redução da pena. O alvo dos ataques era a base dos Estados Unidos em Ramstein, no sul da Alemanha, como diz o procurador: “Os acusados confirmaram que tinham como objectivo matar o maior número possível de soldados norte-americanos em solo alemão . Já tínhamos chegado a essa conclusão durante o inquérito e agora foram os próprios acusados a confirma-lo”. No banco dos réus estão três alemães, de 23 e 24 anos, dois deles convertidos ao Islão e um turco de 30 anos. Quando foram detidos tinham uma quantidade de explosivos cem vezes superior à utilizada nos ataques de Londres em 2005.