Última hora

Última hora

Antigripais podem prejudicar as crianças

Em leitura:

Antigripais podem prejudicar as crianças

Tamanho do texto Aa Aa

Os medicamentos antigripais como o tamiflu podem ser mais nocivos do que benéficos para as crianças.

De acordo com um estudo publicado esta segunda-feira no British Medical Journal as contra-indicações relativas à administração deste tipo de medicamento são maiores do que os benefícios. Para um dos autores do estudo a política britânica de distribuição do Tamiflu sem receita médica é uma “estratégia inapropriada” para uma doença relativamente benigna. Mas há quem não concorde. Este especialista refere que “não se pode brincar com as vidas das crianças. O estudo é baseado na gripe convencional e esta pandemia está a afectar as crianças de forma mais séria e claro estamos à espera desta grande pesquisa no outono. O governo tem toda a razão de jogar pelo seguro.” Os médicos responsáveis pela pesquisa defendem que o tamiflu tem pouco ou nenhum efeito no combate aos sintomas relacionados com a gripe e que a prescrição de paracetamol é, na maior parte das vezes, suficiente. De acordo com a agência sanitária britânica, mais da metade dos menores que tomaram Tamiflu, como medida profiláctica, teve efeitos secundários como náuseas, insónia e pesadelos.