Última hora

Última hora

Fatah conta votos enquanto Israel estuda possível libertação de Barghuti

Em leitura:

Fatah conta votos enquanto Israel estuda possível libertação de Barghuti

Tamanho do texto Aa Aa

Está em curso a contagem de votos para eleger 80 dos 120 membros do Conselho Revolucionário da Fatah. Os restantes 40 membros serão designados pela nova direcção do partido laico, encabeçado pelo presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas. No primeiro Congresso em 20 anos – e o primeiro em território palestiniano – o “número um” da Fatah foi reconduzido no cargo e assistiu-se à forte ascenção da “nova geração” do partido, nomeadamente com a eleição para o Comité Central do carismático Marwan Barghuti.

A hipótese da libertação do líder palestiniano, símbolo da Intifada, está a dividir o governo israelita. Barghuti cumpre actualmente cinco penas de prisão perpétua em Israel. O vice-ministro dos Negócios Estrangeiros classifica-o como “um assassino, com o sangue de muitos israelitas nas mãos”. Danny Ayalon defende ainda que Barghuti “continua a acreditar no terrorismo”. Mas alguns ministros israelitas equacionam a libertação para facilitar o diálogo com as autoridades palestinianas, num momento em que a “nova geração” do Fatah conquistou 14 dos 18 postos do Comité Central do partido e deverá, segundo as previsões, dominar também o Conselho Revolucionário.