Última hora

Última hora

Tufão Morakot: 700 pessoas encontradas com vida após deslizamentos de terra no sul de Taiwan

Em leitura:

Tufão Morakot: 700 pessoas encontradas com vida após deslizamentos de terra no sul de Taiwan

Tamanho do texto Aa Aa

Na remota zona montanhosa do sul de Taiwan, devastada pelo tufão Morakot, as equipas de socorro localizaram 700 pessoas que escaparam aos deslizamentos de terra que destruíram quatro aldeias.

O exército participa com mais de 20 helicópteros nas operações de resgate, enquanto o presidente de Taiwan tenta apaziguar os familiares dos que continuam desaparecidos. O exército resgatou 350 pessoas de aldeias isoladas pelo corte de estradas e quedas de pontes no distrito de Pingtung. Entre os 700 sobreviventes localizados no distrito de Kaohsiung, 200 são da aldeia de Siaolin, completamente sepultada por um aluimento de terras. O tufão Morakot e a tempestade tropical Etau fizeram mais de 100 mortos na Ásia na última semana, 63 dos quais em Taiwan. Muitos habitantes do sul da ilha continuam desaparecidos. As perdas em infraestruturas e no sector turístico foram avaliadas em mais de 180 milhões de euros e 50 mil hectares de terreno agrícola foram destruídos. Em Siaolin, este habitante explica que “a estrada e o templo que aqui existiam desapareceram completamente”, bem como a casa onde vivia. Os helicópteros do exército lançam mantimentos para os sobreviventes, enquanto as equipas de socorro lançam cordas e tentam atravessar os violentos braços de rio lamacento para resgatar os habitantes da ilha que continuam isolados pela intempérie.