Última hora

Última hora

Febre da lotaria em Itália contagia países vizinhos

Em leitura:

Febre da lotaria em Itália contagia países vizinhos

Tamanho do texto Aa Aa

A febre da lotaria em Itália contagiou os países vizinhos. Esta semana, quem tiver sorte no jogo pode ganhar 127 milhões de euros, o maior jackpot de sempre na Europa. A notícia espalhou-se além-fronteiras.

O jornal alemão “Bild” ofereceu bilhetes de avião até Milão, uma viagem de ida e volta no mesmo dia, o tempo necessário para comprar um bilhete de lotaria e beber um capuccino. Em Milão, a empregada de um quiosque afirmou que “há muitos estrangeiros a jogar na lotaria, de Espanha, França, Suíça e Alemanha e muitos já vêm com o boletim preenchido” Mas a Igreja condena a febre da lotaria. Um bispo italiano lamentou que a população gaste o dinheiro no jogo em vez de guardá-lo ou dá-lo aos pobres, como conta o editor da revista Família Cristã: “Alguns bispos disseram que era impossível parar esta caça à sorte, especialmente numa altura de cirse económica. Em 2008, as lotarias em Itália tiveram lucros de 47 mil milhões de euros, o que significa que o negócio da lotaria é a terceira maior indústria do país depois da Eni e da Fiat”. Em 2008, os italianos gastaram 25 mil milhões de euros em jogos de aposta.