Última hora

Última hora

Judeus ortodoxos mantêm boicote a estacionamento em dia de "sabbath"

Em leitura:

Judeus ortodoxos mantêm boicote a estacionamento em dia de "sabbath"

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de judeus ultra-ortodoxos voltaram, este sábado, às ruas de Jerusalém para protestar contra a abertura de um parque de estacionamento. O protesto realiza-se pela oitava semana consecutiva. A polícia, precavida, mobilizou vários agentes para o local. Oito pessoas acabaram por ser detidas.

O facto de os sábados serem um dia santo para os judeus está na origem da manifestação. Os ortodoxos acreditam que a abertura do parque de estacionamento é uma clara violação do “sabbath”, porque incita à circulação e a abertura de estabelecimentos comerciais. Durante o “sabbath”, celebrado de sexta-feira a sábado, nenhuma actividade pode ser realizada. É um dia em que está proibido, por exemplo, negociar, acender ou apagar luzes, viajar ou mesmo fazer desporto.