Última hora

Última hora

Talibãs atacam coração de Cabul em a poucos dias das presidenciais

Em leitura:

Talibãs atacam coração de Cabul em a poucos dias das presidenciais

Tamanho do texto Aa Aa

Sete mortos e 91 feridos é o balanço oficial do atentado deste sábado em Cabul. O ataque, que atingiu uma das zonas de maior segurança no Afeganistão a cinco dias das eleições presidenciais, foi reivindicado por um porta-voz dos rebeldes talibãs, que afirmou que o alvo do atentado era a embaixada norte-americana.

A mesma fonte referiu em contactos telefónicos com a imprensa afegã que “um suicida conduziu um veículo todo o terreno e fez explodir 500 quilos de explosivos”. O terrorista falhou no entanto o alvo, já que a deflagração deu-se junto ao quartel-general da NATO, no bairro Wazir Akhbar Khan, onde se encontra também a embaixada da Grã-Bretanha. Fonte do Ministério da Defesa referiu que as sete vítimas mortais do atentado são civis e entre os feridos estão pelo menos 12 mulheres, uma criança, um deputado e quatro soldados afegãos. De acordo com a NATO, cinco soldados da ISAF também ficaram feridos. Com o aproximar da data das eleições presidenciais e provinciais, marcadas para o dia 20, os combates entre talibãs e soldados norte-americanos da ISAF têm-se intensificado. O grupo islâmico radical voltou a afirmar que pretende boicotar o escrutínio. Apesar do atentado, as autoridades afegãs começaram a distribuir as urnas, muitas delas tiveram que ser transportadas de helicóptero para as regiões mais inacessíveis do país.