Última hora

Última hora

Afeganistão: Talibãs ameaçam atacar assembleias de voto

Em leitura:

Afeganistão: Talibãs ameaçam atacar assembleias de voto

Tamanho do texto Aa Aa

Mais um desafio para os responsáveis por garantir a segurança nas eleições presidenciais e provinciais no Afeganistão. Os talibãs ameaçaram, pela primeira vez, atacar directamente as assembleias de voto na próxima quinta-feira.
 
A ameaça foi escrita em panfletos distribuídos nas aldeias e cidades e foi entretanto confirmada às agências de notícias internacionais por um porta-voz dos talibãs. Nos panfletos distribuídos, os talibãs aconselham a população a “não participar nas eleições, para não se tornar numa vítima das operações”.
 
As milícias avisam que vão “utilizar novas tácticas visando os centros de voto” na véspera e no dia das eleições e precisam que os “comandantes talibãs foram encarregues de ordenar à população que boicote as eleições”.
 
Cresce assim o receio de uma fraca participação nos escrutínios por medo de represálias dado que no texto que distribuíram, os talibãs afirmam que os eleitores serão considerados aliados do governo e das tropas estrangeiras e como tal, inimigos do islão.
 
Desde que foram expulsos do poder em 2001, pela coligação internacional, liderada pelos Estados Unidos, os talibãs têm conduzido uma guerrilha sangrenta no Afeganistão.