Última hora

Última hora

Tripulação do Arctic Sea regressa a casa

Em leitura:

Tripulação do Arctic Sea regressa a casa

Tamanho do texto Aa Aa

A tripulação do navio russo Arctic Sea, com bandeira de Malta, chega esta quarta-feira ao porto de Arkhangelsk no norte da Rússia sã e salva mas com muitas explicações ainda para dar.

O que realmente aconteceu durante as duas semanas em que embarcação esteve desaparecida continua a ser um mistério. Para já as autoridades russas não dão qualquer informação pelo que alguns peritos avançam as suas teorias. Este jornalista fala num possível confronto de interesses entre os serviços secretos ocidentais e o russo. “Alguém algures decidiu travar este navio, o que se tornou muito suspeito. Isso converteu-se num sinal para aqueles que tinham organizado tudo isto. Trata-se de um assunto entre dois Estados” diz o jornalista. Teorias à parte, as autoridades russas detiveram, esta terça-feira, 8 pessoas que supostamente participaram no desvio do Arctic Sea. Os homens são originários da Rússia, Estónia e Letónia. O tema está longe de estar concluído e promete desenvolvimentos uma vez que as autoridades maltesas afirmam agora que o navio nunca esteve realmente desaparecido.