Última hora

Última hora

Ahmadinejad desafia conservadores com nomeações para o próximo governo

Em leitura:

Ahmadinejad desafia conservadores com nomeações para o próximo governo

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente iraniano vai testar até ao fim do mês o controlo efectivo sobre o Parlamento de Teerão. Mahmud Ahmadinejad entregou uma lista de nomes para o novo executivo que atraiu críticas de deputados conservadores influentes.

A linha dura da política externa mantém-se inalterada, nas mãos de Manoucher Mottaki. Mas os nomes avançados para as pastas sensíveis dos Serviços Secretos, do Interior e do Petróleo geram desconforto pela falta de experiência em sectores-chave do Irão. A ala conservadora do Parlamento denuncia também a falta de experiência das duas candidatas para os postos da Saúde e dos Assuntos Sociais. Pela primeira vez nos vinte anos da República Islâmica, Ahmadinejad pretende integrar três mulheres no Governo, propondo também uma candidata da linha dura do regime para a pasta da Educação. A Assembleia examina as propostas a partir de domingo e votará cada um dos candidatos no fim do mês. Em 2005, Ahmadinejad viu chumbados vários dos nomes que pretendia impôr.