Última hora

Última hora

NATO considera eleições afegãs como "sucesso do ponto de vista da segurança"

Em leitura:

NATO considera eleições afegãs como "sucesso do ponto de vista da segurança"

Tamanho do texto Aa Aa

Vinte e seis pessoas perderam a vida enquanto decorria a jornada eleitoral no Afeganistão. O ministério da Defesa afegão anunciou a morte de nove civis, oito soldados e nove polícias, num total de 135 incidentes em todo o país.

Ainda assim, a violência foi bastante mais reduzida do que deixava esperar a multiplicação de ameaças talibãs. O secretário-geral da NATO afirmou que os afegãos “desafiaram as ameaças de intimidação e violência para exercer os seus direitos democráticos”. Anders Fogh Rasmussen defendeu que “do ponto de vista da segurança, as eleições foram um sucesso, sobretudo devido aos esforços das forças de segurança afegãs”. Várias cidades não escaparam, no entanto, a tiros de “rockets” e explosões de bombas de fraca potência nas imediações de assembleias de voto. Um grupo de talibãs inflitrou-se na capital, Cabul, e protagonizou um tiroteio com a polícia afegã que resultou na morte de pelo menos dois insurgentes.