Última hora

Última hora

Muçulmanos de todo o Mundo começam a assinalar este Sábado o Ramadão

Em leitura:

Muçulmanos de todo o Mundo começam a assinalar este Sábado o Ramadão

Tamanho do texto Aa Aa

O mês mais sagrado do Islão começa este sábado na maioria dos países árabes e entre as comunidades muçulmanas de todo o Mundo.

Mas para muitos o Ramadão fica este ano marcado pelos efeitos da recessão económica. Num mercado de Karachi, no Paquistão, esta mulher explica que “é preciso respeitar o jejum”, mas diz que não comprou alimentos para quando chega o anoitecer, pois “está tudo fora do alcance” das suas possibilidades. Na capital iraquiana os últimos dias foram agitados por vários atentados que fizeram uma centena de mortos e mais de quinhentos feridos. Muitas iraquianos afastaram-se dos mercados onde normalmente se abastecem para preparar o Ramadão. Este comerciante de Bagdade afirma que a procura de bens alimentares baixou depois dos ataques de quarta e quinta-feira. Durante um mês, os muçulmanos respeitam o jejum do nascer ao pôr-do-sol, alimentando-se apenas com o cair da noite. Em França, um dos países europeus com uma maior comunidade muçulmana, muitos supermercados aproveitam a ocasião para oferecer uma panóplia de produtos orientados para esta clientela específica.