Última hora

Última hora

Futuro ministro iraniano da Defesa é procurado pela Interpol

Em leitura:

Futuro ministro iraniano da Defesa é procurado pela Interpol

Tamanho do texto Aa Aa

A nomeação de Ahmad Vahidi como ministro iraniano da Defesa está a causar indignação internacional. Vahidi é alvo há dois anos de um mandado internacional de captura, por parte da justiça argentina, por participação num atentado nos anos noventa.

As nomeações dos 21 membros do governo iraniano ainda terão de ser aprovadas pelo parlamento, mas o presidente Mahmud Ahmadinejad já minimizou a polémica. Ahmadinejad fala de uma nova conspiração sionista, pois Ahmad Vahidi era já vice-ministro da Defesa e ninguém disse nada. Israel e Argentina consideram a nomeação uma “afronta vergonhosa”. Vahidi integra a lista da Interpol desde finais de 2007, junto com outros quatro altos responsáveis iranianos. São acusados por Buenos Aires pela tomada de decisão e planificação do atentado contra a Associação Mútua israelita-argentina, em 1994. Morreram 85 pessoas e cerca de 300 ficaram feridas. Foi o pior ataque anti-semita desde a Segunda Guerra Mundial.