Última hora

Última hora

Kadhafi recebe condenado de Lockerbie

Em leitura:

Kadhafi recebe condenado de Lockerbie

Tamanho do texto Aa Aa

Um dia depois do regresso a casa, Abdelbaset Al-Megrahi, condenado pelo atentado de Lockerbie, foi recebido pelo chefe de Estado líbio Muhamar Kadhafi.

Enquanto a comunidade internacional se insurge com as imagens de Al-Megrahi a ser recebido como um herói no aeroporto de Tripoli, o filho de Kadahfi, Seif Al-Islam revelou, esta sexta-feira, que a libertação do ex-agente líbio, serviu interesses comerciais e diplomáticos britânicos. Segundo o filho de Khadafi, as negociações faziam-se no antigo governo de Tony Blair. Londres desmente as declarações defendendo a soberania escocesa, na decisão pela libertação. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, condenou o gesto de compaixão das autoridades escocesas, por Al-Megrahi ter apenas três meses de vida, sofrendo de um cancro da próstata em fase terminal. Al-Megrahi foi condenado à prisão perpétua em 2001 pelo atentado contra o Boeing 747 da PanAm, que explodiu, em 1988, sobre a localidade escocesa de Lockerbie, vitimando 270 pessoas.