Última hora

Última hora

Reforma educativa exalta ânimos na Venezuela

Em leitura:

Reforma educativa exalta ânimos na Venezuela

Tamanho do texto Aa Aa

A controvérsia em torno da reforma educativa exalta os ânimos na Venezuela. Milhares de pessoas saíram à rua em Caracas para criticar as propostas do governo. A manifestação foi dispersada pela polícia, com gás lacrimogénio, balas de borracha e canhões de água. O confronto terminou com feridos ligeiros, quer do lado dos manifestantes quer do lado da polícia.

A lei aprovada pelo parlamento venezuelano diz que os programas escolares devem fazer referência aos ideais de Símon Bolívar. Uma homem afirmou que a a “lei abre caminho a uma outra lei que vai endoctrinar as pessoas, sobretudo as crianças” e que o governo quer “levar a política para as escolas”. Noutro bairro de Caracas, juntaram-se os partidários da política do presidente. Nas palavras de Hugo Chavez, a nova lei visa reformar o “sistema de educação burguês” que predomina no país.