Última hora

Última hora

França quer maior enquadramento dos prémios dos traders

Em leitura:

França quer maior enquadramento dos prémios dos traders

Tamanho do texto Aa Aa

A França está determinada a colocar na ordem o sistema de remuneração dos traders, depois da polémica criada pelo anúncio do BNP Paribas sobre o montante guardado para o pagamento de prémios este ano.

O assunto dominou a reunião entre o presidente Nicolas Sarkozy e os responsáveis de bancos franceses, no Eliseu, e que acabou por ser um puxão de orelhas. Paris exige um comportamento irrepreensível aos bancos franceses antes de abordar o assunto na cimeira do G 20. Sarkozy pretende pedir em Pittsburg que seja fixado um limite do valor dos prémios e que a administração deixe de trabalhar com bancos que não respeitem as regras. “As coisas não podem e não devem voltar a ser como eram antes. Assumi esse compromisso com os franceses e vou respeitá-lo. É uma questão de moral, um desafio crucial para assegurar a estabilidade financeira”, disse o chefe de Estado gaulês. Em plena crise, o ministério francês da Economia francês mostrou-se indignado com o facto de os bancos voltarem a pagar prémios, apesar da adopção do código de boa conduta em Fevereiro em troca de ajuda pública. Paris aperta o cerco, através da criação de um sistema de penalização-bonificação. O pagamento dos prémios passa, em parte, a ser diferido.