Última hora

Última hora

13.° esconderijo da ETA descoberto em França

Em leitura:

13.° esconderijo da ETA descoberto em França

Tamanho do texto Aa Aa

Mais um esconderijo da ETA descoberto em França. Trata-se do décimo terceiro, em menos de uma semana. O novo esconderijo agora detectado situa-se no Tarn, no Sul do país.

Na última semana, a polícia já apreendeu 800 quilos de explosivos, mais de 200 detonadores, cerca de 20 armas de fogo e milhares de munições. Estas apreensões representam um duro golpe para a organização separatista basca, a quem as autoridades francesas e espanholas declararam guerra, como se depreende das palavras de Alfredo Pérez Rubalca: “A nossa determinação é total. Podem mudar de métodos, pode esconder-se em sítios maiores ou mais pequenos, ir para ao Norte, ir ao Sul… as forças de segurança espanholas e francesas vão perseguir-vos e vão deter-vos. Esta é a nossa vontade e assim continuará, até que isto termine!”, garantiu o ministro espanhol da Administração Interna. A determinação e a colaboração entre a Espanha e a França também já levaram à detenção, nos últimos dias, na região da Sabóia, de três presumíveis etarras. As operações da Sabóia e as realizadas no Sul de França, que levaram à descoberta dos esconderijos, são resultado de investigações distintas, mas cujo objectivo é o mesmo: desmantelar completamente a ETA.