Última hora

Última hora

Espanha e França procuram reforço no combate à ETA

Em leitura:

Espanha e França procuram reforço no combate à ETA

Tamanho do texto Aa Aa

Espanha e França concertam esforços para continuar o combate !a ETA, após o maior golpe sobre a organização separatista basca desde 2004.

Alfredo Perez Rubalcaba, ministro espanhol do Interior, já está em Paris para uma reunião com o homólogo francês, Brice Hortefeux. Em seis dias, quase uma tonelada de explosivos e outro material foram descobertos e três alegados etarras detidos na região francesa de Sabóia. Os homens serão os responsáveis pelo fornecimento de material bélico às equipas móveis da ETA na região. Os explosivos, material informático, armas e munições estavam escondidos em 12 localidades do sul de França. No entanto, as autoridades espanholas e francesas afirmam desconhecer a amplitude desta rede de esconderijos. Em 2004, uma operação po0licial levou à detenção dos dirigentes máximos da organização e á descoberta de sete esconderijos onde mais de mil quilos de explosivos e outro material estava armazenado, assim com dois mísseis. Apesar de debilitada, as autoridades dos dois países acreditam que a ETA se mantém com suficiente capacidade para perpetrar atentados de elevada envergadura.