Última hora

Última hora

Especulação imobiliária na Grécia ameaça reflorestação das áreas perdidas

Em leitura:

Especulação imobiliária na Grécia ameaça reflorestação das áreas perdidas

Especulação imobiliária na Grécia ameaça reflorestação das áreas perdidas
Tamanho do texto Aa Aa

Apesar das promessas do Governo, os terrenos agora libertados pelo fogo vale milhões e há quem diga que a especulação imobiliária já esteja muito avançada.

Grandes incêndios que devastaram florestas e parques na Grécia no passado, deram lugar, anos depois, a vivendas luxuosas ou condomínios. Apesar de a lei grega fazer das florestas santuários intocáveis, apenas o são até que o fogo os arrase. Themis Krasia é um construtor que conhece bem os esquemas: “Sabemos quando um fogo vai acontecer. Depois nós aparecemos e ocupamos os terrenos antes que as árvores sejam reintroduzidas.” Numa questão de dias surgiram 213 milhões de metros quadrados à porta de Atenas sem casas. Spiros Kovelis, deputado do Partido Socialista grego, garante que nunca viu a demolição de construções ilegais na Grécia. O deputado aponta o dedo: “Centenas de construções clandestinas, como estas, datam do ano passado… enquanto mil metros quadrados de floresta não vale nada, em termos de construção traduzem-se em 600 a 800 metros quadrados de casas, e isso vale muito dinheiro…” Os analistas temem que o plano do edil de Atenas de duplicar a população e, por conseguinte aumentar a cintura urbana da cidade, venha a ser um obstáculo à aplicação da lei, agora e no futuro.