Última hora

Última hora

Kennedy: o fim de uma dinastia política

Em leitura:

Kennedy: o fim de uma dinastia política

Tamanho do texto Aa Aa

Desapareceu o “Leão do Senado”, um homem que dedicou 47 anos ao Senado norte-americano.

Ted Kennedy morreu aos 77 anos, na sua residência de Massachussets, vítima de um tumor cerebral. Será enterrado no Cemitério militar de Arlington, ao lado de John e Robert Kennedy. Barack Obama lamentou a morte de “uma figura única na história americana e que tocou muitas vidas”, salientando as novas oportunidades que o senador criou para as crianças, idosos e famílias, em geral. O presidente acrescentou, ainda, a este leque de pessoas, “todos os que podem seguir os seus sonhos numa América mais igualitária e mais justa”. Apesar da doença, Ted Kennedy não hesitou em assistir à Convenção Democrata, há um ano, para apoiar o então candidato à presidência Barack Obama. O senador desaparece numa altura em que se debate a reforma do sistema de saúde, que ele considerava como a causa da sua vida. Perdeu a batalha contra o cancro, mas deixa um legado de luta pela igualdade de oportunidades, na saúde e na educação.