Última hora

Última hora

Rússia reconheceu independência da Ossétia do sul e da Abkházia há um ano

Em leitura:

Rússia reconheceu independência da Ossétia do sul e da Abkházia há um ano

Tamanho do texto Aa Aa

Ossétia do Sul e Abkházia celebram, esta quarta-feira, um ano de independência.

Apesar deste estatuto só ter sido reconhecido pela Rússia e pela Nicarágua, a Ossétia do sul relembrou a data com a inauguração de um gasoduto que vai fornecer gás natural russo à república separatista da Geórgia. Na capital Tskhinvali, as autoridades inauguraram uma escola destruída durante o conflito entre os separatistas ossetas, apoiados pela Rússia, e a Geórgia. Esta luta esteve na origem da guerra entre Moscovo e Tbilissi. O presidente russo aproveitou a data para relembrar que Moscovo não “lamenta a decisão” de reconhecer a independência das duas repúblicas, uma decisão que considerou ser “legítima, em termos de direito internacional, justa e absolutamente necessária.” Na Abkházia, a data foi assinalada de forma bem diferente. O autoproclamado presidente da república separatista, Serguei Bagapch, acompanhado pelos seus principais colaboradores, colocou uma coroa de flores nas campas dos soldados russos mortos no conflito com a Geórgia, há um ano.