Última hora

Última hora

Agente secreto francês raptado na Somália de regresso a casa

Em leitura:

Agente secreto francês raptado na Somália de regresso a casa

Tamanho do texto Aa Aa

Paris apenas confirma que o agente secreto francês, sequestrado por islamistas radicais em Mogadíscio, está livre. O homem, de identidade não divulgada, já foi repatriado. Mas o caso adquire contornos misteriosos.

O agente, acompanhado de um colega, foi raptado num hotel na Somália por elementos da organização radical Al Shabbad, no mês passado. O colega está em parte incerta. Na madrugada de quinta-feira, o agente escapou-se, sozinho, alegadamento enquanto os raptores dormiam. Mogadíscio diz que foram mortos três dos sequestradores durante a fuga e os próprios raptores garantem que receberam dinheiro para o libertar. Eric Chevallier, porta-voz do Ministério francês dos Negócios Estrangeiros, nega qualquer pagamento de resgate, confirma a versão da fuga e acrescenta que foram as autoridades somalis que o colocaram em segurança. O Governo da Somália, islamista moderado, enfrenta uma insurgência de radicais há vários meses. Apenas algumas partes da capital, Mogadíscio, estão controladas pelo Executivo neste momento. Oficialmente os agentes franceses estavam na Somália para dar treino às forças governamentais.