Última hora

Última hora

Alemanha pressiona Netanyahu a negociar com os palestinianos

Em leitura:

Alemanha pressiona Netanyahu a negociar com os palestinianos

Tamanho do texto Aa Aa

Benjamin Netanyahu chegou esta manhã a Berlim com a retoma das negociações de paz com os palestinianos como principal tema de discussão na bagagem.
 
O primeiro-ministro israelita foi inicialmente recebido pelo presidente alemão Horst Koehler, no palácio Bellevue, em Berlim. Depois reuniu-se com a chanceler alemã, Angela Merkel.
 
Durante a visita, Netanyahu participa numa série de cerimónias simbólicas. O chefe de governo recebeu os planos originais do campo de concentração de Auschwitz-Birkenau.
 
Os documentos foram descobertos por acaso num apartamento de Berlim em 2008 e vão agora ser levados para Israel para serem arquivados no memorial Yad Vashem.
 
Entretanto, as pressões dos Estados Unidos e da União Europeia parecem ter sortido efeito já que de acordo com o diário israelita Haaretz, o executivo de Netanyahu aceitou a suspensão por um período de nove meses da construção de novos colonatos na Cisjordânia.
 
De acordo com fontes israelitas, a administração de Barack Obama aceitou, no entanto, que esta suspensão não se aplique a Jersusalém-este.