Última hora

Última hora

Associação de pacientes denuncia enfermeiros britânicos

Em leitura:

Associação de pacientes denuncia enfermeiros britânicos

Tamanho do texto Aa Aa

Os profissionais de enfermagem britânicos estão na mira de uma associação de pacientes do Reino Unido.

Um relatório da Patients Association denuncia situações de negligência graves e de maus tratos. A associação também publicou um dossiê que relatava as experiências de 16 pacientes e ouviu o testemunho de familiares. “Duas enfermeiras entraram, disseram-lhe que se sentasse, cada uma agarrou um braço, e tentaram pôr-lhe uma arrastadeira por debaixo. Os olhos dele estavam tão abertos e vidrados, e eu disse à enfermeira que não se tratava assim uma pessoa que estava com tantas dores. Elas deixaram-no na cama e atiraram-lhe com a roupa”, revelou a mulher de um paciente. A associação de pacientes exige uma revisão urgente dos padrões de cuidados básicos aplicados pelos enfermeiros do sistema nacional de saúde britânico. “É de partir o coração. Para além de tudo, há os profundos danos psicológicos de se estar num ambiente tão hostil, onde ninguém parece importar-se com as pessoas, ninguém vem saber dos doentes porque estão muito ocupados e isso, na verdade, atrasa a recuperação”, declarou Claire Rayner, presidente da Patients Association, criada há 40 anos. Rayner acrescentou que, embora se tratem apenas de um ou dois por cento dos enfermeiros britânicos a praticar maus tratos, estes devem ser identificados e afastados da profissão.