Última hora

Última hora

Grécia e Turquia comprometem cooperação NATO-UE

Em leitura:

Grécia e Turquia comprometem cooperação NATO-UE

Tamanho do texto Aa Aa

A falta de cooperação entre Grécia e Turquia pode pôr em risco as operações da NATO no Afeganistão. Esta foi a mensagem que Anders Fogh Rasmussen transmitiu ao executivo grego durante a visita desta quinta-feira a Atenas.

O novo secretário-geral da NATO tentou sensibilizar o executivo helénico para as consequências dos diferendos com a Turquia nas relações entre Aliança Atlântica e União Europeia. O ex-primeiro-ministro dinamarquês referiu que não tem sido possível concluir um acordo de segurança entre a NATO e a UE e que a falta de um acordo pode por em risco as forças de segurança no terreno. O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte desloca-se em seguida à Turquia para uma visita de 48 horas. Durante os dois dias, Anders Fogh Rasmussen vai sensibilizar as autoridades turcas para a mesma questão, mas aqui deverá uma tarefa bem mais complicada já que a Turquia sempre se opôs à sua nomeação para o cargo de secretário-geral da NATO. O não reconhecimento por parte da Turquia da República de Chipre está na origem do diferendo entre Atenas e Ancara.