Última hora

Última hora

Líder socialista francesa aprova escolha de candidato único para a esquerda

Em leitura:

Líder socialista francesa aprova escolha de candidato único para a esquerda

Tamanho do texto Aa Aa

Um candidato que represente toda a esquerda francesa nas presidenciais de 2012.

Uma ideia em torno da qual o debate se tem intensificado nos últimos meses. A secretária-geral do PS Martine Aubry pronunciou-se favoravelmente à iniciativa esta quinta-feira numa carta publicada no Le Monde. Por definir está o modelo a adoptar para a realização de eleições primárias abrangentes. Até ao momento não se sabe se o futuro candidato deverá sair das fileiras socialistas ou se poderá vir de outras formações como, por exemplo, o partido ecologista que também apoia a ideia: “Se vocês querem uma união onde no final serão apenas vocês a decidir e em que nós ficamos apenas com um cantinho, então uma coisa é certa, em 2012, o presidente da República será ainda Nicolas Sarkozy”, afirmou recentemente Daniel Cohn Bendit do partido Europa Ecologia. Dentro do aparelho socialista francês um dos grande impulsionadores das primárias de esquerda é Vincent Peillon: “Vamos em frente, criemos esta união, organizemo-nos por toda a França, igualdade de direitos e de obrigações”, concluiu. O apoio à realização de “primárias abertas” deverá ser oficializado esta sexta-feira por Martine Aubry na abertura da Universidade de verão de La Rochelle. No entanto, o assunto continua a ser visto com muitas reservas por diversas personalidades do PS francês.